Loading...

1º Festival de Clarinete do Algarve

  • Conservatório Regional do Algarve Maria Campina

O 1º Festival de Clarinete do Algarve pretende colaborar na dinamização cultural do Algarve, trazendo personalidades importantes da música erudita à região, concretamente à cidade de Faro, tais como os professores Nicolas Cox e Camilo Irizo.
O Festival será composto por masterclasses, conferências, concertos e pela realização de um Concurso de Clarinete. Muitas das atividades serão abertas ao público contribuindo assim para a oferta cultural da cidade de Faro.
A partilha de experiências e conhecimentos que o 1º Festival de Clarinete de Algarve irá fomentar nos participantes, será um marco não só na sua vida musical futura, mas seguramente irá lançar traços na personalidade destes.

A inscrição no festival e/ou concurso deve ser efetuado até ao dia 10 de fevereiro de 2017, mediante preenchimento da ficha de inscrição.

PLANO DE ATIVIDADES:

Horário 24.02 25.02 26.02
09h00 - 13h00 Concurso (eliminatória) Conferência pelo Maestro Rui Pinheiro sobre Audições de Orquestra+ Masterclass Masterclass
14h30 - 16h30 Concurso (eliminatória)    
14h30 - 18h30 Masterclass Masterclass
17h30 - 19h30 Concurso (final)    
18h00 - 19h00   Ensaios para os concertos Conferência pelo Luthier Domingos Caeiro sobre Construção e Manutenção do Clarinete
19h30 - 21h00   Concerto de professores Concerto de Encerramento

REGULAMENTO DO CONCURSO:

1. Condições de participação: podem candidatar-se ao concurso estudantes de música e jovens profissionais em início de carreira até aos 25 anos inclusive, em 24 de fevereiro de 2017;

2. Provas: o concurso será constituído por uma única categoria, composta por uma prova eliminatória e uma final. Os nomes dos candidatos aprovados para a final serão anunciados no final da prova eliminatória.

Eliminatória:
- Concerto de Mozart para Clarinete: compasso 55 até ao 154;
- Peter and the Wolf: Nervoso número 20 de ensaio até ao 21;
- Beethoven 4ª Sinfonia 2º andamento: letra B de ensaio até compasso 34; Letra F de ensaio até compasso 89;
- Dvorak 9ª Sinfonia 4º andamento: 2 compassos antes do número 3 de ensaio até ao número 4 de ensaio;

Final:
- Stravinsky Firebird: Variation De L´oiseau completa;
- Respighi Les Pins de Rome 3º andamento I Pini di Gianicolo: 1 compasso antes do número 13 de ensaio até 4 compassos antes do número 14 de ensaio;
- Mendelssohn Sonho de uma Noite de Verão, Scherzo: desde o início até à letra B de ensaio; 7 compasso da letra D de ensaio até 5 compassos antes da letra G de ensaio;
Kodaly Dances of Galanta: desde o compasso número 31 até ao compasso número 65;
- Schubert 8º sinfonia 2º andamento: desde o compasso número 66 até ao compasso número 83; desde o compasso número 225 até ao compasso número 233.

3. O concorrente apresenta-se nas provas pela ordem estabelecida por sorteio a realizar nas instalações do Conservatório de Regional do Algarve Maria Campina no dia 24 Fevereiro 2016, pelas 9h00. Os candidatos impossibilitados de assistirem ao sorteio poderão ser representados por alguém devidamente credenciado.
3.1. Não será permitido alterar a ordem do sorteio.
3.2. O concorrente que não se apresentar de acordo com a ordem do sorteio, será excluído.

4. O Júri poderá, a seu critério, interromper a apresentação do candidato a qualquer momento ou dispensar qualquer candidato da execução de uma ou mais peças ou excertos orquestrais.

5. Os candidatos terão à disposição um pianista acompanhador fornecido pelo Concurso. Os candidatos poderão trazer os seus próprios pianistas acompanhadores, se assim o desejarem, sendo da sua responsabilidade as despesas de transporte, alojamento e alimentação.

6. As provas são abertas ao público em geral e decorrem no Auditório do Conservatório Regional do Algarve Maria Campina.

7. Na prova final o Júri reserva-se o direito de não atribuir determinado prémio se considerar que o nível requerido não foi atingido.

8. Todos os concorrentes eliminados receberão certificado de participação.

9. Serão atribuidos os seguintes prémios ao vencedor: concerto a solo com a Orquestra Clássica do Sul em data a definir; revisão do instrumento até ao valor de 250 euros, em local a definir pela organização do Festival. O 1º Prémio receberá certificado correspondente à sua classificação.

10. As decisões do Júri são finais e sem direito a recurso.

11. O vencedor terá obrigatoriamente de participar no Concerto de Encerramento a realizar no dia 26 de fevereiro de 2017, pelas 19h30 no auditório do Conservatório Regional do Algarve Maria Campina.

12. Em nenhuma circunstância haverá reembolso do montante da inscrição.

13. As despesas de deslocação, estadia e alimentação são a cargo dos participantes.

14. A Organização do Concurso reserva-se o direito de captar fotografias, gravações ou filmagens durante o Concurso e utilizá-las na rádio, televisão, jornais e outros fins não podendo os candidatos reclamar qualquer direito.

15. Ao assinar a ficha de inscrição o candidato declara estar de acordo com este regulamento.

16. O Júri será constituido por: Professor Camilo Irizo, Professor Nicolas Cox, Rodrigo Gomes (Concertino da Orquestra Clássica do Sul) e Maestro Rui Pinheiro.



Camilo Irizo

Camilo Campos Irizo licenciou-se no Conservatório de Sevilha com nota máxima sob a orientação dos professores Juan Vicente Ortiz e Antonio García Herrera Superiores. Estudou também com José Luis Estellés e Hans Deinzer. Frequentou masterclasses com os seguintes professores: José Luis Estellés, Roy Jowitt, Walter Boeykens, Michel Lethiec, Luis Rossi, Juan Navarro, Piotr Szymiliks, Antony Pay, Dimitri Askhenazy. Desde 1993 é professor de Música e Artes Cênicas na especialidade de clarinete, desenvolvendo o seu trabalho no Conservatório Elementar de Música de Bollullos Par del Condado e atualmente na Escola Professional Francisco Guerrero de Sevilha. Faz parte do Taller Sonoro, ensemble dedicado à música mais atual, tendo realizado concertos em: I.U. Menendez Pelayo Santander, Cadeira de Composição de Cádiz, Conferências Contemporâneo Córdoba, teatro Central de Sevilha, Teatro Alhambra, em Granada, Composição curso de Villafranca del Bierzo, Festival de La Línea de la Concepción, BIACS (Contemporary Music) de Sevilla, Festival Internacional de Molina (Murcia), Conservatório de Madrid, Teatro de la Maestranza (Sevilha), Centro de Arte Contemporânea Reina Sofia, ciclo CDMC (Madrid), Sala Kursaal (San Sebastián), Teatro Canovas (Malaga), XXIV Festival Internacional de Música de Alicante. No estrangeiro actuou em: sala TNT Bourdeaux (França), Cathédrale Saint-Louis des Invalides, em Paris (França), Hochschule fur Musik e Artes em Frankfurt (Alemanha), Instituto Cervantes de Berlim, Faculdade de Espanha em Paris, Espanha centro Cultural e centro Cultural Ccori Wasi em Lima (Peru), Sendesaal Radio Bremen (Alemanha), Villa Elisabeth em Berlim (Alemanha), Teatro Le Quartz, em Brest (França). Fez gravações para Rádio Clássica, Rádio e Televisão Basca (EITB), Rádio CCE Lima (Peru) e Nordwest Radio Bremen (Alemanha). Gravou no álbum dedicado à música de José María Sánchez Verdú, “Arquiteturas de ausência”. Gravou ao vivo o disco de David del Puerto para o ciclo “Polyphony Komponisten” para o Instituto Cervantes em Bremen, assim como o disco- CDMC XVIII Autor 2007 Foundation Award Jovens Compositores. Participou também na gravação do disco dedicado ao compositor César Camarero com a editora Anemos. Leccionou Masterclasses na Hochschule Musik und Kunst Darstellende Frankfurt (Alemanha). Classes do I, II , III e IV clarinete Curso de Especialização em Almensilla (Sevilla), Interpretação Oficina de Música Contemporânea (TIMAC I). Estreou obras dos seguintes compositores: José María Sánchez Verdú, José Manuel López López, Elena Mendoza, David del Puerto, Tomás Marco, Jesus Rueda, Alicia Diaz de la Fuente, César Camarero, Ramon Lazkano, Vicente Blanes, Germán Gan, Fco. Jose Martin Quintero, Manuel Rosal, Fernando Villanueva, Manuel Añón, Eneko Vadillo, Francisco Pastor, entre outros. Camilo Irizo é artista Yamaha e usa clarinetes CSG.

Nicholas Cox

Conceituado como uma das personalidades musicais mais importantes do momento no Reino Unido, Cox é desde 2003 Senior Tutor de Clarinete na Royal Northern College of Music em Manchester e desde 1991 clarinete principal da Milton Keynes City Orchestra. Cox tocou como convidado com as principais orquestras britânicas incluindo a London Symphony Orchestra, Orchestra of Convent Garden, CBSO, Hallé, BBCPO, BBCSO, BBCNOW, RSNO, SCO, Academy of St. Martin´s in the Fields e com a London Sionfonietta. Durante a sua carreira como músico de orquestra gravou todas as sinfonias de Beethoven, Nielsen, Rachmaninov e Shostakovich. Trabalhou com maestros como Claudio Abbado, Sir Charles Mackerras, Sir Roger Norrington, Libor Pesek, Gerard Schwarz, Sir Andrew Davies e Sir Neville Marriner. A sua gravação ao vivo do concerto de clarinete de Mozart e do quinteto (ClassCD 1502) lançado em Maio de 2003 foi considerado o Album da semana na Classic FM e desde essa altura tem passado regularmente nas rádios. A sua gravação do Duet Concertino de Richard Strauss sob a direção de Gerard Schwarz é uma gravação igualmente aclamada. Depois de se graduar na St Cathatine´s College em Cambridge, Cox estudou clarinete com a bolsa de estudo DAAD na Musikhochschule em Hanover sob orientaçãoo de Hans Deinzer. Durante esse período, e após ganhar a medalha de ouro em 1984 no Royal Over-Seas League Competition em Londres e em 1987 o 2o prémio na Jeunesses Musicales International Clarinet Competition em Belgrado que Cox obteve reconhecimento por todo o Reino Unido. A partir dessa altura Cox tocou como solista em diversos festivais e países executando os concertos de Finzi, Mozart, Weber, Spohr, Bruch, Copland, Nielsen, Strauss e Debussy. Vários compositores lhe dedicaram obras, tais como: Sir Richard Rodney Bennett, Hugh Wood, David Horne, Adam Gorb, Anthony Powers, Peter Fribbins e Andrei Eshpai. Cox estreou mesmo o concerto para clarinete baseado em música klezmer de Adam Gorb sob a direção de Vernon Handley em 1999. Já em 2010 o compositor catalão Benet Casablancas dedicou-lhe o seu concerto para clarinete e ensemble de nome Dove of Peace after the Famous Picasso Illustration. Cox construiu também uma reputação considerável como pedagogo. Para ajudar a essa reputação o seu aluno Mark Simpson, em Maio de 2006, tornou-se no primeiro músico a ganhar o BBC Young Musician e o BBC Young Composer Titles. Para além da sua atividade no Royal Northern College of Music, tem ministrado masterclasses em diversos países tais como: Estados Unidos da América, Espanha, Portugal, Itália, China, Croácia, Polónia, Suiça, Holanda, Russia e foi artista residente nas universidades de California State, Northidge e na Italian Clarinet University em Camerino. Como investigador editou o trabalho final de Mieczyslaw Weinberg e durante vários anos fez novas edições das sonatas para clarinete de Francois Devienne. O seu último trabalho é sobre as sonatas de Brahms sobre o qual já deu palestras em Espanha, Suiça e Estados Unidos da América.

Rodrigo Gomes

Rodrigo Gomes nasceu em Lisboa em 1985.
Iniciou os seus estudos musicais aos 12 anos na Escola Profissional de Música de Viana do Castelo, estudando violino na classe do professor Serguei Aroutiounian e música de câmara na classe do Professor Iminas Kuchinskas.
Em 2003 foi admitido na Escola Superior de Música de Lisboa onde estudou violino na classe do professor Aníbal Lima e música de câmara na classe da professora Irene Lima.
Durante a sua carreira, Rodrigo Gomes fez vários masterclasses com professores tais como: Anatoli Shwarzburg, Serguei Kravchenko, Gerardo Ribeiro, Ilyia Grubert, Martinas Szevgzda, Jan Talich, Charlotte Potgieter, Christoph Schickedanz, entre outros.
Em 2008 foi admitido no Conservatório de Roterdão, onde obteve o diploma de Mestrado na classe da Professora Olga Martinova. Durante os seus estudos em Roterdão, foi premiado com a prestigiada bolsa Huygens Scholarship for Exelent Students.
Membro fundador do Quarteto Vianna da Motta e do Quarteto Blanc (com o qual ganhou o 1º Premio de musica de camara nível superior no Premio Jovéns Musicos 2009), tem participado em festivais de música em Portugal, Espanha, França, Itália, Holanda, Alemanha, EAU e Índia
Actualmente é o concertino do Ensamble International Muziké e concertino convidado da Orquestra Classica do Sul.

Rui Pinheiro

Rui Pinheiro é Maestro Titular da Orquestra Clássica do Sul desde Janeiro de 2015. Entre 2010 e 2012 foi Maestro Associado da Orquestra Sinfónica de Bournemouth (Reino Unido), onde dirigiu mais de uma vintena de programas, destacando os Hall of Fame e as celebrações do Jubileu da Rainha Isabel II. Foi Maestro Titular da Orquestra do Conservatório Nacional de Lisboa (2005­‑2008) e em Londres foi Director Musical do Ensemble Serse, companhia de ópera barroca em instrumentos de época. Aí fundou o Ensemble Disquiet, dedicado à divulgação da música contemporânea portuguesa (2008­‑10). Dirigiu as principais orquestras portuguesas. Após a sua estreia operática no Teatro Nacional de São Carlos, dirigiu este ano uma produção do Teatro de Zarzuela de Madrid.
Trabalhou ainda com a Orquestra da Ópera Nacional de Gales, nos festivais Vienna ­‑ City of Dreams da Orquestra Philharmonia e nos BBC Proms­‑Plus em directo para a BBC – Radio 3. Entusiasta de música contemporânea trabalhou com compositores como Kenneth Hesketh, Alison Kay, Augusta Read Thomas, Stephen MacNeff, Pedro Faria Gomes, Luís Soldado, Luís Tinoco, Nuno Côrte­‑Real, Isabel Soveral e Clotilde Rosa entre outros, de quem dirigiu diversas estreias mundiais. Dirige regularmente o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa. É licenciado em Piano pela ESMAE e Mestre em Artes Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, com uma pós­‑graduação em piano e música de câmara na Academia Ferenc Liszt de Budapeste e um Mestrado em Direcção de Orquestra no Royal College of Music de Londres, onde estudou com Peter Stark e Robin O’Neill. Trabalhou ainda com Jorma Panula e Colin Metters.
Rui Pinheiro é agenciado por Worldwide Artists, Lda.

Ficha de inscrição:

LINK PARA DOWNLOAD AQUI!



Página oficial do Festival de Clarinete do Algarve no facebook:

facebook.com/festivalclarinetealgarve



Página oficial do Conservatório Regional do Algarve no facebook:

facebook.com/CRAMC



Av. Dr. Júlio Filipe de Almeida Carrapato, 93
8000-081 Faro
(+351) 969 530 263
geral@conservatorioalgarve.com